RSS

Sindicato dos Dirigentes de futebol faz convênio com governo federal e dinheiro não é usado. E isso não interessa a imprensa esportiva???

31 ago

Assim como faço em todas as manhãs, procuro passar os olhos e ler as principais matérias dos jornais brasileiros. Mas de vez em quando a pressa em cumprir os compromissos do dia faz com que a gente deixe escapar algumas noticias relevantes. Foi o que aconteceu hoje em relação a manchete do jornal “O Estado de São Paulo. A noticia é fria, cruel e direto: o Ministério dos Esportes fez um convênio, sem licitação, com o Sindicato dos Clubes de Futebol, para promover um recadastramento das organizadas. Preço da brincadeira: R$ 6,2 milhões.

O dinheiro, liberado em abril, repousa sobre uma conta de responsabilidade de Mustafá Contursi, ex-presidente do Palmeiras e dirigente máximo do Sindicato. Não há perspectiva do convenio ser colocado em prático. Motivo: o sindicato, que anteriormente tinha emitido um documento atestando sua capacidade técnica para a tarefa, agora prefere “analisar” a situação. Detalhe: na reportagem de página inteira, não existe qualquer explicação de Mustafá em relação ao destino do dinheiro caso seja constatada a incompetência para o cumprimento da tarefa. Para completar a comédia pastelão, o assessor responsável no Ministério do Esporte em autorizar o projeto não foi encontrado. Dureza…

Para ser sincero, o que me espanta nem é a falta de cumprimento do programa. Ou a postura de Mustafá Contursi, em achar natural um dinheiro daqueles ficar repousado na conta corrente por quatro meses. O que me deixa espantado é a certeza de impunidade em relação ao fato. Recursos são aplicados de modo errôneo e ninguém fala nada.

Agora, a grande vergonha, para nós, jornalistas esportivos: os autores da reportagem são da área de politica. Sei que no Estadão existem muitos coleguinhas competentes na editoria de esporte. Como tenho consciência de que Antero Greco, o editor responsável não faz parte do time dos fanfarrões e que trocam tudo por um merchan. É sério, honesto, critico, bem humorado e competente.

Mas é triste verificar que a mídia esportiva não queira embrenhar-se nos bastidores do futebol. Prefere seguir o versículo 1 da Biblia Tiago Leifert e achar que futebol é entretenimento. E que o público não precisa se aborrecer com esses assuntos. Temos que nos qualificar. De modo urgente. Para que farras como essas protagonizadas por Mustafá Contursi sejam descobertas a tempo.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2011 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: