RSS

Raul Lázaro merece respeito e dignidade. Assim como o derbi campineiro

26 out

Nunca escondi de ninguém o que penso a respeito da maneira como dirigentes e torcedores encaram o derbi campineiro. Infelizmente, o provincianismo misturado com um jeito adolescente inconsequente só produz fatos graves. E que as vezes afeta a vida das pessoas. É o caso do locutor Raul Lazaro, que após ter proferido palavras infelizes no derbi do dia 16 de julho na direção da torcida do Guarani perdeu o emprego no clube campineiro e agora vive cercado de ameaças. Pior: tem sustento ameaçado.

Não vou ficar aqui perdendo tempo ao dizer coisas obvias. Se algum torcedor bugrino estiver na frente de atitudes tão lamentáveis, a Justiça precisa dar conta dele. Precisa ser punido exemplarmente. Não é caso esportivo e sim de Polícia. Raul Lazaro, por sua vez, já foi punido pelo STJD, cumpre sua punição. Fora da esfera esportiva, é um cidadão como outro qualquer e que necessita de emprego para sobreviver e dar um sustento digno aos seus filhos. O fato dele ser pontepretano não lhe transforma em um pária da sociedade. Assim como qualquer bugrino não pode ser alvo de atos de violência pela camisa verde que veste na cidade.

Por outro lado, acho que o clima de violência física e verbal entre as duas torcidas atingiu um estágio de exaustão. Dependendo do local na cidade, torcedores de Ponte Preta e Guarani transformam-se em agentes secretos. Vivem às escondidas e sem se identificar.

O único local que todos, pontepretanos e bugrinos, são corajosos é na internet. Aqui vale atacar, humilhar, ameaçar, xingar, dizer que vai agredir…como se o Brasil fosse terra de ninguém.

Raul Lázaro ainda teve a oportunidade de pedir socorro. E merece todo nosso apoio. Mas e se um bugrino ou um pontepretano morrerem por causa de uma simples preferencia clubistica? Não está na hora dos dois lados baixarem a guarda? E mais: não está na hora das torcidas organizadas dos dois clubes provarem de uma vez que podem contar com associados controlados e com respeito ao lado adversário. Do jeito que a coisa vai, os 100 anos do clássicos, no Paulistão do ano que vem, serão comemorados com portões fechados. O que seria triste.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de outubro de 2011 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: