RSS

Guarani: é hora de reconstruir o futuro

22 nov

Não existe torcedor do Guarani que não esteja tenso e preocupado diante das perspectivas futuras após a saída do presidente Leonel Martins de Oliveira. Destituido pelo Conselho Deliberativo, deixou como herança uma dívida de R$ 135 milhões, quatro meses de salários atrasados e um clima rachado por causa do clima de insatisfação que começa nas arquibancadas e termina nos vestiários.

A receita parece complicada, mas o Guarani precisa ser criativo para sair do buraco. Encontrar parceria e outros mecanismos que possam viabilizar uma saúde financeira e equipes competitivas.

Leonel caiu não por causa do caos financeiro, mas por sua inabilidade política em querer compor e fazer mudanças administrativas. Exemplo prático: João Secco era seu diretor de futebol em 2008 e por não conceder entrevistas, encarava problemas no relacionamento com jogadores. Após sua saída, ao invés de procurar um substituto com força e credibilidade, decidiu adotar o caminho de deixar o cargo vago ou nomear pessoas sem respaldo para fazer mudanças cruciais.

A nova direção, seja quem for, deveria primeiro procurar empresários para tentar quitar compromissos passados e contratar pessoas que possam investir nas categorias de base e em médio e longo prazo. O futuro agora pode ser nebuloso, mas o Guarani tem nome e história para ressurgir das cinzas.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de novembro de 2011 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: