RSS

A educação fundamental e secundária Brasileira precisa ser reinventada

26 nov

Uma reportagem publicada na edição deste sábado da Folha de São Paulo mostra de modo cabal quando mesmo quando tem as melhores intenções o poder público embaralha as mãos e mete-se em encrenca involuntária.

A história é simples: o subprefeito de Itaim Paulista resolveu fazer um convênio com a Polícia Militar e realizar blitzes nos parques da região para verificar se existem crianças e adolescentes faltosos da sala de aula. Se alguma criança é pega em flagrante, é encaminhada á escola, que aciona os país e o Conselho Tutelar para resolver a situação.

Claro, ninguém gostaria de saber que seu filho gasta horas e horas fora da sala e não está aprendendo nada. Lamentável. Mas dar um ar de crime a um ato pueril não resolve a situação. Pelo contrário. A criança corre sério risco de adquirir um trauma psicológico e prejudicar a sua própria formação intelectual.

O cerne da questão é único: a escola, seja pública ou particular, na maior parte dos casos, está desatualizada. Afinal, crianças e adolescentes passam o dia inteiro debruçados em telefone celular, videogames e programas na televisão por assinatura que usam e abusam de recursos gráficos e linguagens sintonizadas com o momento vivido pelo público alvo. Na Escola, muitos ainda apostam na dupla professora-giz como arma para cativar o interesse.

A mídia tem sua parcela de culpa. O espaço dedicado ao tema aborda pouco a questão de infra-estrutura, salários e métodos para modificar o estágio de desinteresse. Geralmente, as páginas de jornais, revistas e as horas de rádio e televisão são consumidas por reportagens sobre vestibulares, cujo foco principal é a competição é o mérito.

Enquanto a sociedade não tratar a escola como um local democrático, mas sintonizado com nossos tempos, corremos o risco de vermos nossas praças e parques cheias de crianças e adolescentes no horário comercial.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de novembro de 2011 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: