RSS

Vagner Love e a falta de bom senso no Flamengo

28 jan

Foi o maior show de demagogia que presenciei em minha trajetória no jornalismo esportivo. A apresentação de Vagner Love como atacante do Flamengo é prova cabal de como os dirigentes brasileiros são incompetentes para administrarem o tempo da fartura e como os atletas também não tem a mínima noção da sua responsabilidade.

Veja bem: por um jogador sem grandes marcas na Seleção Brasileiro e sem títulos relevantes, o rubro-negro carioca irá gastar o equivalente a R$ 45 milhões de reais entre o pagamento da rescisão ao CSKA de Moscou e salários ao atleta.

Como vão reagir os atletas que estão há meses sem receber e assistem a chegada do jogador? O que fazer quando a torcida, sem qualquer noção de tempo e espaço, pede para recontratar Adriano? Como evitar a tragédia se a presidenta Patricia Amorim dá cada vez mais mostras de ser massa de manobra de dirigentes ávidos pelo poder?

Pior: como apostar que o choro de Vagner Love se reverterá em gols e conquistas? Existe a garantia de que o jogador não se meterá em nenhuma confusão?

Quanto mais eu pensar, outras perguntas surgirão. E por um único motivo: o Flamengo, de clube de maior torcida do Brasil, transformou-se em grande interrogação.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2012 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: