RSS

Violência no futebol: não confunda o Brasil com o Egito!

02 fev

O mundo do futebol não fala em outro assunto: a morte de 73 pessoas na partida do Campeonato Egípcio entre Al- Masry e Al-Ahly. Os torcedores do time local, o Al-Masry, invadiram o gramado após a vitória por 3 a 1 e atiraram paus, pedras e garrafas nos torcedores rivais, que está equivalente a times como Corinthians e Flamengo no Brasil.

Relatos escabrosos foram descritos e o clima de preocupação está estampado no rosto de cada um. Por outro lado, existe o temor de que exista um vírus disseminando atos de violência em todo o mundo. Inclusive no Brasil.

É preciso possuir um mínimo de consciência. Noticias dão conta de que o aspecto político vivido no Egito foi um componente importante para transformar um estádio de futebol em uma arena de guerra. Existiam antecedentes que poderiam levar a tal conclusão, como a participação desses próprios torcedores agredidos na queda do ditador Hosni Hubarak.

O quadro no Brasil é totalmente diferente. A violência no futebol brasileiro é fruto de rivalidade entre torcidas rivais e em alguns casos, as torcidas organizadas não são o componente da linha de frente para a luta política. No máximo, são instrumentos de massa de manobra. Não se tem noticia de que torcidas organizadas tenham participado ativamente de fenômenos como os da Diretas Já, eleições presidenciais, etc, etc… É só ler e atualizar-se para saber que o Brasil é bem diferente do Egito.

No Brasil, a solução para a violência no futebol não é tão difícil. É questão de detonar um trabalho em longo prazo para conscientizar a torcida organizada de que eles podem fazer parte do espetáculo e não um fator para destruir o show dos gramados. Temos universidades públicas e privadas que levam o assunto a sério, formularam soluções e que ainda não foram utilizadas por Clubes e federações. O que não dá é que, nós, da crônica esportiva, consideremos que o único caminho é usar a força policial. Se estudássemos um pouco o assunto, também teríamos muito a contribuir ao debate.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de fevereiro de 2012 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: