RSS

A tensão domina o futebol campineiro…

22 fev

 

O carnaval nem esfriou e os times campineiros retornam aos gramados neste meio de semana. Não há como negar: a tensão ronda as duas agremiações e por motivos diferentes. Na Ponte Preta, o técnico Gilson Kleina sabe que não tem saída: ou vence ou começa abrir espaço para especulações em torno de sua saída, o que seria lamentável.

Lamento porque o treinador da Ponte Preta foi atropelado pela adversidade. Explico: no ano passado, na maior parte dos jogos, a Macaca atuava com três volantes, sendo dois com capacidade para chegar como elemento surpresa. Cansei de assistir a jogos da Ponte Preta em que o então camisa 10 Renatinho ou Renato Cajá estavam marcados e aparecia Josimar ou João Paulo para definir o quadro. Para completar, quando ocorria a perda da posse de bola, o atacante Ricardinho tinha folego e disposição para auxiliar na marcação. Um sistema forte na pegada e com contra-ataques mortais. O que aconteceu? Simples: William Magrão não supriu a saída de Josimar e João Paulo encontra-se em péssima fase. Para completar a tragédia, Xaves passa por instante de irregularidade. Ah! Sem contar que Rodrigo Pimpão e Márcio Diogo não mostram o mesmo apetite de marcação de Ricardinho. Pode-se dizer que o destino de Kleina está nos pés de quem encarar o Ituano.

Já o Guarani passa por outro tipo de tensão. Vai jogar com o XV de Piracicaba e Guaratinguetá nesta semana e pode ficar próximo da classificação. Mas existe o temor da derrota. Afinal, desde o revés com o Mogi Mirim que o alviverde não sente o sabor amargo. Nas entrevistas coletivas, os jogadores são indagados de como vão se comportar se o inevitável acontecer. Nesse caso, penso que o Guarani precisa pensar jogo a jogo. Não pode transformar em tragédia mesmo se tropeçar diante do Nhô Quim. Não pode perder de vista o básico: para aquilo que foi estabelecido antes da bola rolar, o Guarani está indo longe demais.

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 22 de fevereiro de 2012 em Uncategorized

 

2 Respostas para “A tensão domina o futebol campineiro…

  1. Francisco Carlos

    22 de fevereiro de 2012 at 14:15

    Voces que se dizem da “imprensa esportiva campineira” não admitem o Guarani estar em situação melhor que o 3° time de Campinas. E tal urubus, ficam feito á mãe Dinah, a vociferar maus agouros ao Guarani.

     
  2. Francisco Carlos

    22 de fevereiro de 2012 at 23:01

    AINDA ?????????????????????????????????????????? 23:O1 hs ????????????????

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: