RSS

Alberto Dines, Claudio Abramo e Millôr Fernandes: a trinca de ouro do jornalismo brasileiro

28 mar

Não há como fugir da constatação de que a imprensa brasileira vive uma crise de valores. Até fatura de maneira satisfatória, mas a concorrência com a internet fez com que os veículos impressos entrassem em uma concorrência desleal, que é a de buscar a noticia mais quente, o furo, algo que a internet pode fazer em minutos.

Pior: temos que conviver com perdas de pessoas que mostravam um caminho para sair dessa cilada. Millôr Fernandes, morto nesta terça, sempre foi conhecido por ser um humorista que sabia utilizar muito bem as palavras e os veículos disponíveis. Fez um site pessoal com alto índice de acessos e que trabalhava bem a comunicação com a revista, o jornal e até a televisão.

Suas frases ficarão cravadas para sempre no imaginário popular. Ao lado de Cláudio Abramo e Alberto Dine forma a trinca de ouro do jornalismo brasileiro.

Eu admito minha mediocridade, quero melhorar e prestar um serviço. Mas sem uma referência brilhante como Millor a missão ficará bem mais difícil.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de março de 2012 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: