RSS

Copa do Mundo: os problemas crescem. E ninguém faz nada…

01 abr

Duro constatar que não conseguimos pensar a Copa do Mundo de modo global. Não temos a capacidade de medir as consequências de obras contratadas e estádios construídos com nosso dinheiro. Bom exemplo disso estão nos jornais desde domingo, dia 01º de abril. No Estado de São Paulo, uma reportagem de duas páginas mostra que alguns estádios contarão com alto padrão técnico e de conforto após a finalização das obras. As arquibancadas e os gramados serão de primeiro mundo. Ao mesmo tempo, o povo brasileiro assiste ao dinheiro escorrer por entre os dedos ao pressentir que a dispensa de licitação passará a fazer parte da rotina na reta final da construção. Registre-se: apesar da rigidez do BNDES para liberar qualquer tostão. Mas não é suficiente.

Já na Folha de São Paulo, o foco ficou sobre o drama de moradores que sofrerão processo de desapropriação para viabilizar a construção de ruas, avenidas e sistemas de transportes. O que fica da reportagem é constatar o desespero das pessoas, sem noção e perspectiva do que irá acontecer no futuro. O Estado não esclarece, informa, determina, planeja ou concede uma luz. O desespero é legitimo.

Perceba: são problemas reais e que só ganham relevância por causa da fiscalização da imprensa. Pergunta: onde estão os gestores públicos para cuidar desses problemas? Resposta: estão sentados, tranquilos, no aguardo da bola rolar. Oremos.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de abril de 2012 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: